NEUROLOGIA VETERINÁRIA

Neurologia Veterinária em Curitiba

A neurologia veterinária estuda as alterações do sistema nervoso central e periféricos dos animais. Os sinais clínicos são muito variáveis e com certa complexidade de interpretação pela neuroclínica (parte da neurologia que avalia clinicamente e localiza o local do dano neurológico) daí a importância de um especialista solidamente formado na área.

A neurologia, além da neuroclínica, também tem uma ramificação ou complemento que é a neurocirurgia, que nada mais é que a intervenção cirúrgica no local onde existe uma lesão em que é possível a intervenção. A neurologia veterinária lança mão do exame clínico minucioso e pode dispor de várias técnicas para se chegar ao diagnóstico, como a coleta de líquor que é o liquido cérebro espinhal, o uso de imagens via mielografias, tomografia computadorizada, ressonância magnética e biópsias. Os sintomas e sinais que mais são observados nos animais de companhia são as crises convulsivas, tremores, andar em círculos compulsivos, cegueiras de início súbito, desorientações e dificuldades de locomoção.

MIELOGRAFIA
É um exame que consiste na injeção de contraste ao redor da medula espinhal. As mielografias requerem uso de radiografia ou tomografias computadorizadas para detectar principalmente compressões ou lesões na medula espinhal.

ANALISE DE LÍQUOR
O liquidocefaloraquidiano envolve o cérebro e podemos fazer análise laboratorial de sua constituição bioquímica, citológica e microbiológica para detectar qualquer alteração, principalmente os tumores, meningites e meningocencalites. A análise do líquor nos dá importantes pistas para definição de diagnóstico e, consequente elaboração do tratamento.

TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA (TC)
Método de exame que nos ajuda na avaliação do sistema neurológico por meio das diferenças de estruturas de todo o corpo. Pode ser usada sozinha ou com o uso de injeção de contraste em torno da medula. Sempre que for possível, a utilização da Ressonância Magnética é preferível para avaliação do sistema nervoso central. A TC é usada principalmente para fraturas ou associada à injeção de contraste (mielografias).

RESSONANCIA MAGNÉTICA (RM)
O exame de ouro para a neurologia veterinária. Esse exame de imagem é o método mais importante para o diagnóstico das lesões do sistema nervoso.  A RM permite a avaliação de várias partes do organismo e permite resultados fidedignos de muitas das doenças que acometem o sistema nervoso.
Imagem de Crânio IMA
Imagem de Vértebras em Cortes Axiais

Não é bem assim! Muito embora o sistema neurológico dos cães e gatos sejam bem delicados e, por si só de alta complexidade, eles podem ser tratados e melhorados significativamente principalmente quando o diagnóstico por feito precocemente.

O andar cambaleante está nos dizendo que algo está errado, mas não necessariamente quer dizer algum problema neurológico. Depois de excluídas outras possibilidades clínicas como, por exemplo, inflamação do conduto auditivo ou algum problema ortopédico, o neurologista veterinário poderá identificar a causa usando a avaliação neurológica do paciente e exames complementares como os exames de imagem.

Quer agendar um horário para o seu pet?

Entre em contato conosco!

Em 1991, com a fundação da Clínica Veterinária Santa Mônica, começava uma história de muito trabalho e disposição para oferecer ao público, o melhor atendimento…

Entre em Contato:

Horários:

Todos os Dias: 24 horas

Em 1991, com a fundação da Clínica Veterinária Santa Mônica, começava uma história de muito trabalho e disposição para oferecer ao público, o melhor atendimento…

Entre em Contato:

Horários:

Todos os Dias: 24 horas.

Em 1991, com a fundação da Clínica Veterinária Santa Mônica, começava uma história de muito trabalho e disposição para oferecer ao público, o melhor atendimento médico-veterinário possível…

Siga-nos:

Entre em Contato:

Horários:

Todos os Dias: 24 horas.
HVSM · 2020 © Todos os direitos reservados | Desenvolvido por: MarketVet
× WhatsApp